Vivo e Correios  -    O entrave em nosso desenvolvimento         O chamado escândalo dos Correios ocorreu em maio de 2005, no Brasil, após denúncias de irregularidades praticadas na Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos. A crise iniciou-se quando uma fita de vídeo que mostrava um ex-funcionário dos Correios e Telégrafos, Maurício Marinho, negociando propina com um suposto empresário interessado em participar de uma licitação, e mencionando ter o respaldo do deputado federal Roberto Jefferson, do PTB do Rio de Janeiro. A fita foi gravada por Joel Santos Filho, advogado curitibano e cuja mão aparece no vídeo, flagra Maurício Marinho não apenas recebendo dinheiro para fim de licitação fraudulenta, mas ainda sugerindo a existência de esquema de corrupção proveniente de políticos. Quase dez anos depois e os serviços dos Correios assim como os da Vivo continuam um lixo. Uma breve pesquisa na Internet, ou até mesmo no FaceBook pode revelar com muita intensidade o nível de insatisfação dos brasileiros com esses dois serviços básicos no desenvolvimento de qualquer atividade. No YouTube também podemos encontrar muitos filmes a respeito, como o famoso 'Lixo os correios do Brasil'. O que fica difícil de entender é porque no Brasil o serviço dos correios é tratado como monopólio. Em minha opinião é porque querem continuar a meter a mão em nosso dinheiro. Todos os trabalhadores brasileiros empregados, trabalham pelo menos 8 horas diárias. Nos correios de Caraguatatuba, para a entrega de encomendas, o atendimento ao público é das 13:00 às 17:00 horas. Pasmem, trabalham quatro horas por dia, você é mal atendido e não trabalham aos sábados.  E não para por ai. As filas que se formam a partir das 13:00 horas impõem ao usuário que fique exposto ao tempo, com sol escaldante ou chuva, pois o espaço é diminuto. Respeitar o atendimento preferencial ou local para sentarem idosos e gestantes nem pensar.  Essa é a qualidade dos serviços prestados e que são cobrados a preços internacionais.  Isso sem entrar no mérito das exigências absurdas impostas pela empresa que são incompatíveis com os serviços prestados em outros países. A entrega de correspondências em prédios comerciais ainda é pior. Os carteiros não entregam nada no seu endereço. Se o prédio for comercial entregam na portaria e se não tiver ninguém vão embora. Ou não cumprem sua função ou é uma empresa de ninguém, onde tudo pode. Gostaria de ver se tivessem concorrência. Não sobreviveriam um ano com  tal  incompetência. Quanto a Vivo, apenas como lembrete. No último dia 25 de novembro mais uma vez ficamos sem internet das 17:30 às 22:30 horas. Com a queda do serviço seguiram as quedas no serviço de telefonia celular o que prejudicou outras operadoras que hoje dependem da internet.  Procurem em sua última fatura se a Vivo descontou o tempo em que ficou sem prestar os serviços e verão que não. Vocês foram literalmente roubados pela Vivo. Em nosso FaceBook muitas reclamações o que nos fez definir por uma ação, a qual estaremos incluindo os Correios. Como é impossível produzir desenvolvimento sem comunicação, o Jornal Noroeste News, a partir do dia 5 de janeiro estará colhendo assinaturas para que possamos reivindicar dos poderes competentes, PROCON, ANATEL, Promotoria Pública e até mesmo do Executivo Federal providências. Enquanto isso fica aqui minha sugestão. Já que estamos passando a limpo o Brasil pelo menos no caso da Petrobras, vamos dar continuidade a esse trabalho e que as promotorias públicas, de todo o País, passem a fiscalizar por riqueza aparente, os funcionários públicos, principalmente das Agências Brasileiras e dos Correios. Com certeza muita sujeira virá a tona! Obs: No caso dos correios nem tente  reclamar.  Os funcionários são mau educados, a Ouvidoria só atende se você tiver protocolo, o telefone 0800 não atende e via internet você tem que preencher um formulário de duas páginas. É para que você se sinta um bobo e não reclame!

Tempo - Cº

Caraguatatuba
CPTEC - INPE
Foto Satélite
Previsão p/ 10 dias

Noroeste News

Nosso jornal esta disponivel em PDF caso não possua clique na figura é gatuíto!

Classificados

Jornal Completo

Edições Anteriores

2013

2014

WEBMAIL

Fale conosco

 x

Edição 870 - Semana de 11/12 a 18/12//2014

Para entrar nesta edição clique na capa

 

 

 

 

 

  Pesquisar em nossos arquivos

Loading

 

Edições Anteriores

Fale conosco
e-mail: editor@noroestenews.com.br


©1998

Instituto Cesar Informática Ltda.

Rua Guarulhos, 157 - sala 4

Fone: 12 3883-3433

Caraguatatuba - SP

CEP - 11660-070