***    Respeito é bom e todos gostam    /    Na última semana fui parado em um comando em frente ao Fórum de Caraguatatuba e mesmo antes que pudesse desligar o motor da moto, o PM que me abordou estava abraçando minha cintura em busca de alguma arma. Manifestei minha surpresa e sem responder o policial solicitou meus documentos. Após verificar estar tudo em ordem, educadamente justificou seu procedimento alegando o perigo de encontrar alguém armando e dizendo que estavam atrás de motos e carros roubados e veículos com licenciamento vencido. Confesso que a educação como fui tratado me desarmou e tive que dar razão ao policial. Na mesma semana duas  reclamações, desta feita contra os PM´s que atuam nestes comandos. Primeiro foi de um amigo que ao ser abordado no mesmo local, abriu sua viseira para que a policial pudesse vê-lo e foi literalmente agredido. "E essa viseira ai Zé!",  disse a policial em tom agressivo. Meu amigo que não tem papas na língua de imediato respondeu, "abri a viseira para que você pudesse me ver e a propósito e não me chamo Zé!" Foi o bastante para ser apontado pela policial para os outros policiais como respondão e lhe darem um pente fino e ainda o segurarem mais do que o necessário. O cidadão de bem que deveria ser protegido pela polícia é agredido e por responder é penalizado. Após o ocorrido só na última semana foi parado em mais três comandos. Um outro amigo também reclamou da forma truculenta como foi tratado pelos policiais PM´s nos comandos que são realizados diariamente por toda a cidade. Detalhe, todas as reclamações excluem os PM´s que atuam na cidade, "são todos de fora", dizem. Ainda esta semana nas redes sociais foi postado um vídeo onde em uma pequena viatura havia um bandido algemado e colocado no porta-malas e a polícia tinha que levar mais um bandido. Pasmem simplesmente a polícia militar colocou os dois no porta-malas, um simplesmente encima do outro, de joelhos e não posso imaginar como os dois chegaram a delegacia. Após esses fatos, refletindo sobre os episódios, lembrei do saudoso jornalista Ferreira Netto, que atuou na TV no passado e que criticava muito a forma truculenta com que a PM atuava, principalmente contra os bandidos e nas comunidades menos favorecidas. Esses comentários aconteciam na época em que a ROTA, Rondas Ostensivas Tobias de Aguiar, por ordem do governador Paulo Maluf descia o cacete. Em seus comentários, Ferreira Netto lembrava que o bandido sempre teve pela polícia respeito e sabia que se o policial o prendesse, estava cumprindo sua função e que se este respeito acabasse a coisa poderia ficar feia. "Violência gera violência", dizia! Pois bem, Ferreira Netto morreu, a violência da Polícia continuou e hoje o que assistimos é bandido matando policia. Não sou a favor dos radicais dos direitos humanos, sou primeiro a favor dos direitos dos humanos bons, defendo a pena de morte para bandido que mata policial e que a pena para bandido que agride policial deva ser dobrada, mas não posso concordar com o tratamento truculento que a PM dá aos bandidos. É inegável que essa truculência também acontece hoje contra o cidadão de bem, o qual evita ter contato com a polícia que o deveria defender. Nos noticiários diários da TV podemos ver em comunidades da periferia de São Paulo e do Rio, a população de saco-cheio com a polícia agredindo-a. Navegando pelas redes sociais no Litoral Norte podemos hoje saber, em tempo real, onde estão os comandos que deveriam retirar os criminosos das ruas. O cidadão comum, aquele de saco-cheio de ser mal tratado, ao ver um comando, avisa na hora seus seguidores, a localização exata dos comandos, só para evitar o contato com a PM. É a falta de respeito que o cidadão comum perdeu para com a polícia e todas as pessoas esclarecidas sabem que Respeito não se impõe, Respeito se Conquista.

Tempo - Cº

Caraguatatuba
CPTEC - INPE
Foto Satélite
Previsão p/ 10 dias

Noroeste News

Nosso jornal esta disponivel em PDF caso não possua clique na figura é gatuíto!

Classificados

Jornal Completo

Edições Anteriores

2014

2015

WEBMAIL

Fale conosco

 x

Edição 875 - Semana de 15/01 a 22/01//2015

Para entrar nesta edição clique na capa

 

 

 

 

 

  Pesquisar em nossos arquivos

Loading

 

Edições Anteriores

Fale conosco
e-mail: editor@noroestenews.com.br


©1998

Instituto Cesar Informática Ltda.

Rua Guarulhos, 157 - sala 4

Fone: 12 3883-3433

Caraguatatuba - SP

CEP - 11660-070