***   O assalto praticado por Alckmin na Tamoios e nas rodovias estaduais   ///  Foram necessários pelo menos dezesseis anos para que as antigas promessas do PSDB, oferecidas por Covas, Serra e Alckmin pudessem ser cumpridas, a tão sonhada duplicação da rodovia dos Tamoios. Mas não foram só anos de espera. Pressionado pela opinião pública e sem cumprir o prometido, em uma ação catastrófica, Alckmin primeiro tapeou seus eleitores transformando o acostamento da rodovia em pista rolante o que resultou na morte de muitas pessoas e até mesmo de funcionários do DER. Naquele momento muitos lembravam que o juramento de Hipócrates, feito por todos os médicos, o compromisso com a vida, teria sido esquecido por Alckmin. Também uma demanda judicial marcou o episódio pois a cidade rural de Paraibuna, que sempre apresentou um grande tráfico de trabalhadores e máquinas pelo acostamento da rodovia, recorreu à justiça e apenas naquela cidade o tráfego da rodovia pelo acostamento foi proibido. Resultado, o afunilamento do trânsito e o consequente congestionamento nos dias de tráfico intenso. A velocidade da rodovia que era fixada em 100 Km/h teve que ser reduzida para 80 Km/h, prejudicando e muito seus usuários.  Foi somente com a instalação da base de Gás em Caraguatatuba que Alckmin resolveu cumprir a promessa e duplicar a rodovia dos Tamoios. Gastou quase duzentos milhões em sua duplicação no trecho do planalto sem corrigir seu antigo traçado e sem concluir as passarelas necessárias para a segurança das comunidades que margeiam a rodovia. Resultado, mais uma vez o usuário foi prejudicado pois em vários trechos a velocidade acabou sendo reduzida ainda mais, 40 e 60 Km/h. Vejam o contraste, você sai da rodovia Airton Sena com velocidade máxima permitida de 120 Km/h e entra na Tamoios com velocidade reduzida em até 40 Km/h.  Mas os problemas não acabaram por aqui, Alckmin, deixando de lado seus problemas administrativos que envolvem denúncias de super faturamento de trens, desvio de verbas da merenda escolar, completa falta de segurança pública e os maus tratos a estudantes e professores, com a degradação dos ensinos médio e superior, tenta agora suprir as deficiências econômicas e financeiras do estado extorquindo e lesando os usuários da rodovia com dezenas de radares que são uma verdadeira arapuca arrecadatória. Arapuca pois vários desses radares são montados de forma a multar e não educar os motoristas. Esquece o governador que a grande maioria de usuários desta rodovia são trabalhadores que necessitam de suas habilitações para garantir o sustento de suas famílias e a armadilha montada, faz com que para os menos avisados possam ter, em uma única passagem pela rodovia, o acumulo dos 20 pontos necessários para a suspensão de sua CNH. E o assalto não para por ai. Em sua sede arrecadatória Alckmin retira policiais que deveriam estar priorizando a segurança pública, combatendo o crime e os coloca intensamente fiscalizando veículos com licenciamento atrasado. Segundo se comenta existe até uma meta a ser cumprida por essa fiscalização. Esquece mais uma vez Alckmin que a grande maioria desses veículos com documentação atrasada pertence a trabalhadores e desempregados que em períodos de crise, antes que o alimento falte para suas famílias prefere não pagar o IPVA. Prova disso é que o público alvo dessa fiscalização tem sido as motocicletas de até 125cc. Os asseclas do governador poderão dizer em sua defesa que essas ações não foram praticadas por Alckmin, mas sim por seus técnicos do DER, mas a verdade é que o eleitor não votou em seus súditos e sim em Alckmin, portanto ele é o responsável. Para completar, além de todos esses problemas, em futuro próximo o usuário da Tamoios ainda terá que pagar um alto pedágio. A persistir esse quadro de verdadeiro assalto e desrespeito para com o cidadão, em minha opinião, Alckmin não se candidata mais nem para porteiro de prostíbulo!   -   Cesar Jumana

Tempo - Cº

Caraguatatuba
CPTEC - INPE
Foto Satélite
Previsão p/ 10 dias

Noroeste News

Nosso jornal esta disponivel em PDF caso não possua clique na figura é gatuíto!

Classificados

Jornal Completo

Edições Anteriores

2015

2016

WEBMAIL

Fale conosco

 x

Edição 949 - Semana de 16/06 a 23/06//2016

Para entrar nesta edição clique na capa

 

 

 

 

 

 

  Pesquisar em nossos arquivos

Loading

 

Edições Anteriores

Fale conosco
e-mail: editor@noroestenews.com.br


©1998

Instituto Cesar Informática Ltda.

Rua Guarulhos, 157 - sala 4

Fone: 12 3883-3433

Caraguatatuba - SP

CEP - 11660-070