***   Caixa vai permitir que apostadores façam qualquer jogo pela internet   ///   É inegável que as chamadas lotéricas de há muito perderam sua finalidade que seria inicialmente a de ser uma casa de apostas. Objetivando apenas mais lucro, as lotéricas passaram a receber contas das mais variadas, acumulando diariamente filas enormes para sua realização. E não pensem que ganham muito com isso. Se fosse um bom negócio receber contas de água, luz, carnês e boletos, os bancos não teriam abandonado a cobrança. As lotéricas trabalham por míseros centavos a cada operação.  O pior é que os apostadores, objetivo primeiro de sua  existência  são jogados a escanteio e muitas lotéricas como a do Porto Novo em Caraguatatuba passaram a praticar fila única e o apostador acaba desistindo de jogar, pois não admite ter que esperar 20, 30 minutos ou mais  em uma fila para fazer sua aposta. Pior ainda é a falta de educação de seus funcionários que além disso, costumeiramente gritam com os clientes.  No passado entrei em contato com a Caixa Econômica Federal, por meio de sua acessória de imprensa, para saber de sua posição sobre este problema, pois pretendia fazer uma matéria sobre o assunto e fui surpreendido com a posição de que tratava-se de decisão de competência do concessionário.  Mas parece que finalmente haverá uma solução.  Em busca de lucro e melhores resultados, a Caixa Econômica Federal vai abrir, em breve, a possibilidade para que todos os apostadores de suas nove loterias (à exceção da loteria federal) possam fazer jogos pela internet. Atualmente, isso só é possível apenas na Mega Sena e para quem é cliente da Caixa. Inicialmente, a aposta terá de ser paga com cartão de crédito, e o apostador terá de desembolsar um mínimo de R$ 20 a cada "carrinho de compra". Mas está nos planos do banco permitir o pagamento com cartão de débito e, futuramente, desenvolver um aplicativo para quem quiser tentar a sorte pelo celular.  O objetivo da Caixa, segundo fontes envolvidas nas discussões, é atrair um público que hoje não frequenta as lotéricas: jovens e pessoas de alta renda. Esse é um dos principais argumentos para enfrentar a posição contrária dos lotéricos, que temem queda de movimento nas lojas físicas.  Mas tenho a certeza que esta queda não acontecerá nas lotéricas que prestam um excelente atendimento, cativando o seu cliente e o estimulando a voltar. Aquelas que mantém caixa para contas, atendimento preferencial e para apostas. Este é o caso da Lotérica existente em São Sebastião, divisa com Caraguatatuba (Canto do Mar), onde até os objetivos da empresa são afixados para que o público tenha ciência.  De minha parte, eu que gosto de fazer uma fezinha, aguardo ansioso por esta novidade.  Que venha logo!   ///   Cesar Jumana

Nas próximas eleições lembre-se das multas na Tamoios!

Tempo - Cº

Caraguatatuba
CPTEC - INPE
Foto Satélite
Previsão p/ 10 dias

Noroeste News

Nosso jornal esta disponivel em PDF caso não possua clique na figura é gatuíto!

Classificados

Jornal Completo

Edições Anteriores

2016

2017

WEBMAIL

Fale conosco

 x

Edição 1021 - Semana de 09/11 a 16/11/2016

Para entrar nesta edição clique na capa

 

 

 

 

 

 

  Pesquisar em nossos arquivos

Loading

 

Edições Anteriores

Fale conosco
e-mail: editor@noroestenews.com.br


©1998

Instituto Cesar Informática Ltda.

Rua Guarulhos, 157 - sala 4

Fone: 12 3883-3433

Caraguatatuba - SP

CEP - 11660-070